terça-feira, 17 de maio de 2016

15 Fatos Sobre Mim

1 - Adoro comer. Seja salgado ou doce, mas ‘pendo’ mais pro lado do doce.

2 - Gosto de assistir filmes de animação. Gosto também de filmes românticos e de terror.

3 - Gosto da Turma da Mônica. Quando era mais novinha eu tinha muitos gibis que comprava com a mesada que meu pai me dava. Quando fiquei um pouco mais velha resolvi doar todos para a biblioteca. Hoje me arrependo rs, queria ter todos aqui. Esses tempos ganhei alguns do meu marido e amei! Estávamos conversando e comentei isso mais de uma vez e aí ele viu o quanto tinha sido importante pra mim e me deu de presente. Ameiii!!

4 - Gosto das coisas arrumadas no seu devido lugar. Não consigo conviver com bagunça, coisas fora do lugar, sujeira. Vou passando e ajeitando tudo. Às vezes meio paranóica até rs.

5 - Gosto de jogar videogame (GTA, TWD, etc). No computador tenho o The Sims, que é meu vício.

6 - Gosto de assistir séries, tipo Supernatural (amo), The Walking Dead, The Big Bang Theory, Two and a half man….

7 - Sou batizada na igreja católica, fiz comunhão e crisma, mas depois nunca mais coloquei os pés na igreja. Recentemente fui na missa de sétimo dia da minha sogra. Quando falo isso muitos se espantam, me julgam, mas não tenho vergonha nenhuma em dizer isso, pelo contrário, eu rezo todos os dias ao me deitar na cama pra dormir, confesso que às vezes durmo no meio rs, mas rezo, agradeço e peço a Deus. Eu não preciso estar enfiada direto dentro de uma igreja pra falar com Deus. Eu não sou menos católica por não ir à igreja. Se eu me sinto bem conversando no lugar que seja com ele, é o que basta. E eu me sinto bem assim. Muitos vão na igreja, rezam, mas porta afora, são pessoas ruins. Vão a igreja para cuidar a roupa que o outro veste. Eu também tenho meus defeitos, todos nós temos, mas procuro a cada dia ser melhor.

8 - Prefiro o inverno. Detesto verão. Sofro demais com o calor.

9 - Sou uma pessoa tímida demais. Tempos atrás eu era muuito mais. Tipo bicho do mato. Quando comecei a trabalhar passei tantas coisas que aprendi a me destrinchar, me impor um pouco mais. Mas falar em público e coisas do gênero nem pensar.

10 - Detesto tirar foto. Não existe pessoa que saia mais feia em fotos do que eu, sério gente.

11 - Amo ficar em casa sempre, mas em dias de chuva ainda mais. Detesto sair com chuva.  Posso estar com uma sombrinha do tamanho de um bonde que ainda assim me molho toda.

12 - Adoro café. Mas prefiro com leite, preto não sou muito. E molhar uma bolacha  nele então...humm... chega dar água na boca.

13 - Não gosto de usar salto alto. Como não saio muito, não costumo usar. E não me sinto bem, não fico a vontade usando.

14 - Acho lindo maquiagem, mas não sei me maquiar direito. Tapeio e disfarço um pouquinho mas nada comparado a uma make mesmo. Admiro quem sabe.

15 - Faço ponto cruz. É uma terapia e tiro uma renda vendendo meus trabalhos.

Beijocas Meninas!!

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Dia das Mães


Antes de mais nada, gostaria de desejar um Feliz Dia das Mães a todas minhas leitoras!
Aquelas que são mães de coração e que amam o filho antes mesmo de ele existir, aquelas que tem as suas bênçãos consigo, as que são vovós portanto são mães duas vezes, as que estão com seus bebês na barriga..... enfim a todas que lindamente amam seus filhos desde sempre!!
........................................................

Ontem ao ir no cemitério com meu marido, rezei para minha sogra desejando um feliz dia das mães a ela que foi uma guerreira desde sempre, e pedi a Deus que amenizasse um pouco (se fosse possível) a dor que eles (meu marido, meu cunhado e meu sogro principalmente) estão sentindo, afinal foi o primeiro dia das mães sem minha sogra aqui conosco.
Está sendo muito difícil sem ela.
Esses dias eu estava muito triste, esperava para ficar sozinha para não chorar na frente do meu marido, pois ele disfarça mas sei o quanto está destruído por dentro.

Certa noite eu sonhei com ela. Eu vinha caminhando mais na frente e meu marido mais atrás. De repente eu vi ela vindo na minha direção sorrindo. Não conseguia acreditar que ela estava ali. Corri até o encontro dela e a abracei muito apertado!
Comecei a chorar muito, dizendo que ela estava fazendo muita falta, que eu não aguentava ver eles sofrendo e não poder fazer nada!
Então ela passou a mão no meu cabelo abraçada de lado em mim e disse:
‘Não chora, não fica triste. Preciso ver vocês bem, não podem sofrer tanto porque senão eu não estarei bem.’
Eu somente acenei com a cabeça afirmando e consegui balbuciar a ela pedindo que tentasse dar uma escapada todos os dias pra ver a gente. Aí ela acenou que sim.

Quando acordei senti esse sonho muito real....

A prima do meu marido costuma ir no centro espírita e ontem contei esse sonha a ela, e ela me disse que ela está bem e que o que ela falou no sonho é exatamente como devemos agir. Por mais que seja difícil temos que pensar nela bem agora e nos momentos felizes que tivemos aqui.
É o que eu estou tentando fazer, rezo pra ela sempre. Estou sempre com ela no pensamento e sempre tento mandar boas energias a ela.

................................................................

Eu e minha mãe estamos a tempos falando de comprar um pijama de soft, pois aqui no Rio Grande do Sul o inverno é bem rigoroso. Estamos no outono e esses dias fez bastante frio por aqui. Em algumas cidades fez até temperaturas negativas já. Eu amo o frio!!!
Bom, aí no Sábado de manhã levantei cedo e corri a cidade toda tentando encontrar um pijama de soft pra ela.
Aqui onde moramos a cidade é bem pequena, deve ter mais ou menos uns 20 mil habitantes. Mas eu gosto muito de morar aqui. Nasci e fui criada sempre aqui.
Fui em muitas lojas nas quais muito bem atendida, mas em duas que eu fui aconteceram dois fatos que me desagradou bastante!

Numa delas entrei e perguntei se tinha o pijama e a mãe da dona da loja me mostrou somente um modelo. Não gostei dele pq o pijama era rosinha bem claro e a costura não era bem feita, além de ser verde limão a cor da linha e achei meio pequeno. Pijama tem que ser folgado, bem confortável né!
Perguntei se não tinha outros modelos aí a ‘vendedora’ disse que tinha mas que eram mais caros!!!
Mas eu não perguntei preço eu pedi pra ver os modelos de pijamas que ela tinha!
Perguntei se ela poderia me mostrar. Nem tirou do expositor, só apontou. Agradeci e saí da loja.
OK! Respirei fundo e continuei minhas andanças.

Na outra loja que fui, perguntei se trabalhavam com pijamas pois nunca tinha visto lá.
Antes de qualquer coisa a ‘vendedora’ me falou: ‘Mas quem é a mãe que quer um pijama e ainda de soft?!?’
Ao mesmo tempo me recuperando do tapa na cara rs respondi bem alto: ‘A minha!!!’
Acho que ela percebeu o fora que deu (perdeu oportunidade de ficar quieta!) e tentou se justificar (ou desculpar) pq creio que percebeu que eu não gostei, dizendo que ela sentia muito calor e não gostava de pijama de soft.
Aí então eu disse que a minha mãe era justamente o contrário, creio que pelos problemas de circulação sentia mais frio.
E lá também não tinha o bendito pijama.

Por fim sem ideia do que comprar, acabei comprando uma calça fusô de lã, que isso sei que ela gosta. E acertei pq ela me disse ontem que ia comprar mais uma pra ela.

Mas eu fiquei boba com o preconceito da primeira loja e a falta de semancol da segunda!!
Já trabalhei em comércio, sei o quanto é desgastante mas jamais tratei alguém assim!
Sou uma pessoa muito simples e humilde, e também muito honesta!
Jamais tive meu nome sujo, jamais fiquei devendo pra alguém.

Já vi muitos casos por aqui que as lojas atendem super bem os “ricos” que no fim muitas vezes são caloteiros, e mal atendem os humildes, olham e pensam que não vai ter dinheiro pra comprar, ou que vai roubar, e muitas das vezes esses humildes são os que mais compram e pagam a vista, certinho.
Como em tudo o preconceito vem em primeiro lugar.
Não foi a primeira vez que algo assim aconteceu comigo mas dessa vez meio que me desconcertou...
........................................................................

Bom gurias, resolvi compartilhar com vocês estes fatos pra saber se já aconteceu algo parecido com vocês....?